Bombeiros acham corpo de médico desaparecido em BH

O corpo do médico endocrinologista Antônio Sérgio Arruda Lana (53) foi localizado pelo Corpo de Bombeiros no início da tarde desse sábado no fundo de um penhasco, na Serra do Rola Moça, próximo ao Distrito de Casa Branca, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.O médico desapareceu misteriosamente, no início da noite da última quarta-feira, após conversar com o filho Daniel Arruda pelo celular.Apesar de ter um padrão de vida considerado normal, a família não descarta a possibilidade de seqüestro e solicitou a ajuda do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp).No telefonema, o médico teria avisado ao filho que passaria a noite no sítio da família e retornaria a Belo Horizonte logo pela manhã. O sítio fica a cerca de seis quilômetros do local onde o corpo foi encontrado.Os familiares deram pela falta de Antônio Sérgio quando, naquela manhã de quinta-feira, ele não compareceu à clínica, onde pacientes o esperavam.A partir daí, a mulher do médico, junto com os três filhos, foram ao sítio e, não encontrando ninguém, passaram a vasculhar todo o trajeto, inclusive nas cidades vizinhas.As buscas se intensificaram quando os bombeiros sobrevoaram a região da mata do Rola Moça com o helicóptero e localizaram um automóvel azul, a mesma cor do carro do médico, cerca de 200 metros abaixo da estrada.Os bombeiros desceram até o local, de difícil acesso, confirmando que o veículo realmente pertencia a Antônio Sérgio. Mas não havia ninguém no interior.Após uma varredura na mata, o corpo do médico foi encontrado, sendo reconhecido pelo filho Daniel Arruda.Conforme o subtenente do Corpo de Bombeiros, Robson Elmo, provavelmente, durante a queda, o corpo de Antônio Sérgio foi atirado do veículo, que rolou por diversas vezes até chegar ao fundo do desfiladeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.