Paulo Santos/Reuters
Paulo Santos/Reuters

Bombeiros ainda buscam duas pessoas nos escombros de prédio em Belém

Na madrugada de domingo, o corpo de uma mulher de 67 anos foi retirado dos escombros

Marília Lopes - Central de Notícias,

31 Janeiro 2011 | 08h23

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros de Belém do Pará ainda busca duas pessoas sob os escombros do prédio que desabou na tarde do último sábado. Segundo o subcomandante da corporação, coronel Mário Wanzeler, 110 bombeiros trabalham nas buscas no local nesta segunda-feira, 31. Além deles, equipes da Defesa Civil, Exército e Cruz Vermelha também ajudam na operação.

 

Os trabalhos de busca foram interrompidos nesta madrugada, quando uma forte chuva atingiu a cidade. "A chuva foi rápida e logo pudemos retomar as buscas", conta Wanzeler. De acordo com o coronel, os bombeiros ainda buscam dois operários que trabalham na obra.

 

Para ajudar na localização de vítimas, o Corpo de Bombeiros usa um detector de ruídos e calor. O sensor consegue detectar em superfícies submersas e estruturas fragilizadas se há espaços vazios e calor. O aparelho converte as vibrações em sinais sonoros e visuais, auxiliando nas buscas por desaparecidos. Outro aparelho, que ajuda a elevar estruturas pesadas, também é utilizado para ajudar os bombeiros na retirada dos escombros.

 

Logo após o desabamento no sábado, duas vítimas, moradores de casas vizinhas ao edifício, foram resgatadas com vida dos escombros. Segundo o coordenador da Defesa Civil de Belém, Mario Chermont, as vítimas foram encaminhadas a hospitais da cidade.

 

Na madrugada de domingo, o corpo de uma mulher foi retirado dos escombros do prédio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a identificação da vítima será feito por um exame de DNA. O corpo possivelmente é de uma senhora, de cerca de 67 anos, que morava em uma residência vizinha ao edifício.

 

Atualizado às 12h41

Mais conteúdo sobre:
BelémParádesabamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.