Bombeiros ainda buscam vítimas de desabamento que matou um em Salvador

Prédio de 7 andares ruiu em Pernambués, com ao menos 5 pessoas dentro; duas crianças foram resgatadas

Rita Cirne, da Central de Notícias,

18 de julho de 2010 | 13h33

SÃO PAULO - Corpo de Bombeiros de Salvador, na Bahia, retomou, na manhã deste domingo, 18, o trabalho de buscas para resgatar duas pessoas que ficaram soterradas após o desabamento de um prédio de sete andares na noite de sábado no bairro de Pernambués. De acordo com a Defesa Civil do município, durante a madrugada duas crianças foram resgatadas com vida e encaminhadas a uma unidade de saúde. Um rapaz de 19 anos também foi resgatado, mas não sobreviveu.O prédio desabou sobre uma casa vizinha.

 

As duas pessoas que ainda estariam soterradas seriam a mãe das crianças e o vigia da obra, segundo informa a Defesa CIvil. O imóvel fica na rua Professor Souza Carneiro.

 

Casarão. Ainda na madrugada de sábado, um casarão também desabou na Ladeira da Conceição da Praia. O desabamento do imóvel de três pavimentos, que era tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), provocou a morte de uma mulher. Outras três pessoas foram resgatadas com vida dos escombros. Entre elas está um homem de 42 anos que teve parte do braço amputado durante a operação de resgate feita pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.