Bombeiros encontram corpo de montanhista no PR

Bombeiros encontraram o corpo de Alexandre Maoschi, de 28 anos, um rapaz que estava desaparecido na Serra do Mar, no Paraná, desde o dia 22 de janeiro. Era a primeira vez que ele tentava escalar o ´Pico Paraná´, na região entre Morretes e Antonina. Alexandre subia o pico com o primo Daniel Maoschi, de 23 anos. Eles se separaram quando Daniel decidiu fazer a escalada e Alexandre desistiu, dizendo que esperaria na base conhecida como ´casa de pedra´. A base fica quase na metade da subida. Numa altitude de 900 metros. Quando Daniel desceu do pico não mais encontrou o primo na base. Os bombeiros foram acionados. Segundo a rádio CBN, várias equipes vasculharam as trilhas de acesso ao pico sem encontrar vestígios do rapaz. Um helicóptero ajudou nas buscas que se estenderam por 12 dias. Por volta das 18h00 de ontem, o corpo de Alexandre Maoschi foi avistado ao lado de um paredão de difícil acesso no alto da montanha. Para evitar riscos de acidentes no resgate, os bombeiros esperaram passar a noite e removeram o corpo de Alexandre hoje pela manhã. Os indícios são de que o rapaz sofreu uma queda. Apenas no ano passado, os bombeiros resgataram 43 pessoas perdidas na Serra do Mar no Paraná.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.