Bombeiros encontram outra criança soterrada em Rio Bonito

Dois ficaram soterrados após deslizamento atingir duas casas; o outro corpo foi localizado às 2 horas

da Redação,

29 de dezembro de 2008 | 05h48

Foi encontrado, por volta das 5 horas desta segunda-feira, o corpo da outra criança que estava desaparecida desde as 18 horas de domingo, em Rio Bonito(RJ), na região dos Lagos, após um deslizamento, causado pela chuva, atingir duas casas na localidade conhecida como "Rio Mole", na área rural, na divisa com a cidade de Saquarema. O corpo de Evandro Teixeira, 12 anos, estava próximo do corpo de Carlos Hudson Ferreira, de 5 anos, que havia sido encontrado às 2 horas. Bombeiros localizam criança soterrada na região dos Lagos Há vários dias chove na cidade, mas, segundo o prefeito, neste domingo a chuva veio mais forte e, conseqüentemente, o registro de mais duas vítimas. São 1.350 desabrigados atualmente na cidade. As chuvas destruíram até agora mais de 150 casas, afetaram parcialmente outras 144 e deixaram cerca de 2 mil imóveis em áreas de risco. Até o momento, o saldo é de quatro mortos. "Estamos com problemas de chuva aqui desde 25 de novembro. Decretamos estado de emergência. Muitos dos desabrigados foram para abrigos e outros estão nas casas de parentes", relatou o prefeito. Por volta das 2 horas desta segunda-feira, o corpo de uma das crianças foi localizado, mas ainda está parcialmente soterrado. Uma gigantesca rocha dificulta o trabalho dos bombeiros na retirada do menino. "Acredito que essa pedra tenha pelo menos 30 toneladas", acrescentou Antunes. Entre os dias 25 e 26 de novembro, duas pessoas já haviam perdido a vida. A menina Ana Beatriz Rocha, 4 anos, ficou soterrada nos escombros do desabamento da casa onde morava, na localidade do Buraco do Gambá. Mesmo levada para o Hospital Darcy Vargas no município, mas não resistiu aos ferimentos. Outra vítima foi Ana Claudia Rodrigues, 23, chegou a ser resgatada com vida e faleceu no mesmo hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
Riosoterramentodesabamentochuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.