Bombeiros localizam corpo de vítima de descarrilamento

Vinte e três dias após o descarrilamento do trem da Ferronorte, que trazia 4 mil toneladas de soja do Mato Grosso para o Porto de Santos, os bombeiros conseguiram localizar o corpo do agente de tráfego Luciano Cardoso, de 23 anos, desaparecido desde a madrugada do acidente. O maquinista Ourismar José Vieira Gonçalves também morreu.De acordo com o tenente Alexandre Teixeira, o corpo do ajudante foi localizado no km 100, a 20 metros de distância do local onde ocorreu o choque das duas locomotivas. "O que mais nos surpreendeu foi o fato de o corpo da vítima ser encontrado a 6 metros de altura", disse o tenente. Ele acredita que, com o impacto provocado pelo choque das composições, o corpo de Luciano foi arremessado para o alto, sendo encoberto por grande quantidade de soja, o que dificultou as buscas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.