Bombeiros não confirmam número de feridos

O coronel Jair Lima, do Corpo de Bombeiros de São Paulo, não confirmou o número de 15 vítimas no desabamento de um prédio na Avenida Engenheiro George Corbisier, altura do número 1.800, no Jabaquara, zona sul da capital paulista."Esse trabalho é muito demorado, cuidadoso, meticuloso, no qual o nosso homem não pode correr muitos riscos, devido à possibilidade dessa laje vir a ceder. Além das sete vítimas, não há sinais de outras possíveis vítimas sob os escombros. O trabalho é com motoabrasivos, alargadores pneumáticos e desencarceradores. Não temos a certeza de mais vítimas", disse ele, em entrevista à Rádio Bandeirantes. Segundo o coronel Jair Lima, foram retiradas sete pessoas dos escombros, sendo uma delas sem vida, uma com ferimentos graves, duas com ferimentos leves e três pessoas ilesas, socorridas no Pronto Socorro do Jabaquara. A laje que desabou seria a do quarto andar, segundo os engenheiros da obra em construção. Não há confirmação de que existam mais pessoas sob a laje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.