Bombeiros não fornecem dados

Desde segunda-feira a reportagem do Estado pede ao Corpo de Bombeiros mais informações sobre vistorias no Teatro Cultura Artística - realizada há cerca um mês -, e em outros teatros importantes da capital. Tais informações poderiam confrontar as fotos e dados coletados pelo estudante de Arquitetura Anderson Leite Schmidt, responsável pelo trabalho acadêmico que apontou supostos erros na manutenção do Cultura Artística, além de atestar as condições de segurança de outros espaços públicos. Ainda assim, o Corpo de Bombeiros, um órgão público que tem por função primordial as atividades relacionadas com a defesa civil de São Paulo, se limitou a informar por meio da sua Assessoria de Imprensa que "essas informações solicitadas são técnicas e só podem ser fornecidas aos respectivos interessados ou mediante requisição judicial". As assessorias da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública atestaram a posição dos Bombeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.