Bombeiros resgatam corpo de vítima de acidente no Lago Paranoá

Bombeiros resgatam corpo de vítima de acidente no Lago Paranoá

Corporação acredita que ainda haja entre 7 e 9 desaparecidos; um bebê também morreu e 94 pessoas foram salvas

Vannildo Mendes, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2011 | 12h00

BRASÍLIA - O Corpo de Bombeiros de Brasília localizou no fim da manhã desta segunda-feira, 23, o corpo de uma mulher afogada no acidente do barco no Lago Paranoá na noite de ontem. O corpo, que estava próximo ao local onde o barco afundou, está sendo resgatado para ser levado ao Instituto Médico Legal (IML) e ainda não há identificação da vítima.

 

Segundo informações da major Vanessa Signalli, do Corpo de Bombeiro, existem ainda entre sete e nove corpos desaparecidos. Há dificuldade de saber quantas pessoas exatamente estavam no barco, pois não havia uma lista prévia com o nome dos passageiros. Esta lista está sendo feita e checada e deve ser divulgada ainda hoje, até o final do dia.

 

Além do corpo dessa mulher, localizado agora pela manhã, foi encontrado ainda na madrugada o corpo de um bebê de sete meses. Depois do acidente, 94 pessoas foram resgatadas com vida.

 

As buscas continuam e a expectativa do Corpo de Bombeiros é de que todos os corpos sejam resgatados ainda hoje e são remotas as chances de haver sobreviventes entre os desaparecidos.

 

O Corpo de Bombeiros está usando um grupo de cerca de 30 mergulhadores e mais 56 pessoas estão envolvidas no apoio das operações. Um barco e uma lancha estão sendo utilizados, além de dois helicópteros. Os familiares estão sendo orientados a se dirigir ao IML para fazer o reconhecimento dos corpos.

 

O acidente com o barco ocorreu ontem por volta das 20h30. A embarcação foi usada para uma festa de confraternização de uma empresa e quase todos que estavam ali eram empregados e dirigentes dessa empresa. O barco afundou e está numa profundidade de 17 metros no Lago Paranoá.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.