Bombeiros resgatam corpo na Chapada dos Guimarães

Equipes do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso resgataram na manhã de hoje o corpo de Maria Elizabeth dos Reis Brito, 46 anos, que caiu ontem na cachoeira do Véu de Noiva, em Chapada dos Guimarães, a 65 quilômetros de Cuiabá. Cartão-postal do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, a cachoeira tem 86 metros de queda livre. Ainda não se sabe as causas do acidente, mas familiares suspeitam que Maria, separada e mãe de dois filhos, tenha se suicidado.A dona de casa foi ao local com a amiga Rose Maria da Silva, que na hora do acidente estava numa lanchonete perto da cachoeira. Segundo o delegado de Chapada dos Guimarães, Douglas Turíbio, Rose contou que a vítima teria ido à cachoeira ?pedir ajuda aos orixás para se livrar de dívidas?. A cachoeira pode ser vista de um mirante construído com barras de ferro e concreto. Mas para chegar ao rio Coxipó, que forma a queda-d?água, é preciso percorrer uma trilha íngreme e ter autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. A chefe substituta do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, Alair Garcia, informou que a turista não pediu autorização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.