Bombeiros retomam busca a taxista soterrado em rodoviária de Ouro Preto

Noiva de Denílson Maciel confirma a possibilidade de motorista ter sido vítima de deslizamento

04 Janeiro 2012 | 09h04

SÃO PAULO - Os bombeiros retomaram por volta das 6h desta quarta-feira, 4, as buscas a um taxista que estaria soterrado em Ouro Preto, Minas Gerais. A procura foi interrompida na noite de ontem devido ao retorno das chuvas e ao terreno apresentar instabilidade.

Segundo os bombeiros, relatos da noiva de Denílson Maciel de Araújo, de 31 anos, confirmam a possibilidade de o taxista ser a segunda vítima do deslizamento de terra que atingiu a rodoviária da cidade na madrugada de ontem.

Na noite de ontem, foi resgatado e identificado o corpo de outro taxista, Juliano Alves, de 28 anos, que estava dentro de um veículo que foi soterrado.

A chuva que castiga Minas Gerais desde o final de 2011 já fez seis vítimas. 53 cidades decretaram estado de emergência, entre elas a capital Belo Horizonte.

Mais conteúdo sobre:
enchentes, MG, deslizamento, chuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.