Bombons envenenados matam homem no norte do RS

Pacote estava endereçado à irmã de um colega de trabalho da vítima; ex-namorado da destinatária é o suspeito de enviar os doces

Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

29 Agosto 2014 | 20h36

PORTO ALEGRE - Um homem morreu envenenado depois de comer um bombom remetido à irmã de um colega de trabalho em Viadutos, município de 5 mil habitantes localizada no norte do Rio Grande do sul. O caso, que os moradores da cidade comparam ao enredo de um filme policial, ocorreu na quinta-feira. A vítima, Álvaro Duarte, de 42 anos, foi enterrada nesta sexta-feira, em clima de comoção. O suspeito de ter remetido o doce, ex-namorado da destinatária, foi preso em Chapecó (SC).

A pedido de uma irmã que mora em Erechim, um mecânico retirou uma encomenda enviada a ela na agência dos Correios de Viaduto. Como o remetente era desconhecido, a destinatária orientou o irmão a descartá-la. Mas ele abriu o pacote e constatou que havia bombons.

Comeu um e ofereceu outro a um colega e um homem que estava na oficina. Pouco depois, os três passaram mal. Um morreu a caminho do hospital e os outros ficaram internados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.