Bope organiza mutirão de limpeza no Morro da Mangueira

Mais de 100 pessoas trabalham no mutirão, que tem apoio da associação de moradores

Tiago Rogero, estadão.com.br

20 Setembro 2011 | 09h09

RIO - Um mutirão de limpeza está sendo realizado na manhã desta terça-feira, 20, na comunidade da Mangueira, na zona norte do Rio, ocupada em junho pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) para a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). O mutirão, de "caráter ambiental", foi uma iniciativa do Bope.

 

A operação está sendo realizada pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Federação dos Catadores de Lixo do Rio, garis comunitários da Mangueira e a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), com apoio da associação de moradores.

 

Mais de 100 pessoas estão trabalhando no mutirão, que começou às 08h. "A iniciativa visa a melhoria da qualidade de vida dos moradores, com a retirada do lixo das encostas e recolhimento de detritos acumulados na comunidade", informou o Bope.

 

O Batalhão dá apoio à ação com retroescavadeira, pá mecânica e o caminhão munck. De acordo com o Bope, além do mutirão, o Inea vai montar um posto de troca para os moradores venderem materiais recicláveis como garrafas pet, latinhas de alumínio e papelão. "A ação vai estimular a limpeza e ainda gerar renda para a comunidade", informou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.