Bourbon abre, mas pode ser multado

Subprefeitura tem 3 dias para decidir sobre autuação; lojas construíram a mais que o projeto aprovado

Jones Rossi e Camilla Rigi, O Estadao de S.Paulo

29 de março de 2008 | 00h00

Após ter a inauguração adiada por um dia, o Shopping Bourbon Pompéia, na zona oeste de São Paulo, abriu ontem esperando receber até 60 mil pessoas por dia. Em seu primeiro dia de funcionamento, muitas lojas ainda estavam por inaugurar, como a Livraria Cultura. Os cinemas devem ser abertos entre a segunda e terceira semanas de abril. O teatro e o cinema IMax não entrarão em operação antes do segundo semestre.O trânsito registrado ontem no entorno do shopping foi tranqüilo. Até as 19 horas, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) não verificou lentidão nas ruas da região. Hoje, deverá ser a prova de fogo para o trânsito da região. No primeiro final de semana com o shopping já em funcionamento, também será realizado o jogo entre Palmeiras e São Caetano no Parque Antártica, às 16 horas. Foram vendidos mais de 22 mil ingressos de um total de 27 mil. A CET vai monitorar as imediações do Estádio Palestra Itália entre as 7 horas e as 19 horas de hoje. Segundo a CET, caso seja preciso, várias ruas da região serão interditadas. Assim, a Rua Turiaçu pode ser interditada no trecho entre a Praça Marrey Júnior até a Avenida Pompéia e a Rua Padre Antônio Tomás, entre as Avenidas Francisco Matarazzo e Antártica.SEM LICENÇAApesar da abertura para o público, o Grupo Zaffari, administrador do empreendimento, ainda tem de resolver algumas pendências. O shopping abriu ontem sem o Habite-se - documento que atesta as condições de segurança.Anteontem, uma vistoria de técnicos na Subprefeitura da Lapa constatou que o shopping havia cumprido as normas do Corpo de Bombeiros, Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru) e da CET. Segundo a subprefeitura, "para evitar a ocorrência de mais transtornos, e tendo em vista que as condições de segurança estavam devidamente respeitadas, após prolongada reunião da qual participaram cerca de dez pessoas, entre técnicos, funcionários da prefeitura e representantes do shopping, ficou decidido que o local pode funcionar até 31 de março, quando a Prefeitura emitirá o parecer final sobre a concessão do Habite-se". Ontem, a Subprefeitura da Lapa, que havia informado no dia anterior que o Shopping abriria sem ser autuado, deu um prazo de três dias para decidir se vai multar o Bourbon porque constatou que algumas lojas haviam construído a mais que o projeto aprovado na Secretaria de Habitação. A multa é de 1,5 Unidade Fiscais do Município (UFM) por metro quadrado de área construída. O shopping tem 185,3 mil m², que resultaria em um autuação de R$ 23 milhões.Como aconteceu com o Shopping Itaquera, inaugurado em novembro passado, o Bourbon entrou em operação sem ter o certificado de conclusão e com várias lojas sem licença. O laudo de vistoria do Corpo de Bombeiros não constatou problemas de segurança. "Todas as exigências que nós fizemos foram cumpridas. Fizemos um levantamento fotográfico e o sistema de saída de pessoas e controle de fumaça é bastante avançado", afirmou o major José Luiz Borges, do Corpo de Bombeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.