BR-459, no Vale do Paraíba, segue interditada

Risco de novos deslizamentos interromperam a retirada do barro da via

Solange Spigliatti, estadao.com.br

30 Novembro 2008 | 14h26

A Rodovia BR-459, que liga o Vale do Paraíba ao sul de Minas Gerais, no interior de São Paulo, seguia totalmente interditada na tarde deste domingo, 30, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. Além da queda de barreira, pedras enormes bloquearam a rodovia na altura do km 3,5, na região de Piquete. Segundo a PRF, trabalhadores que retiravam terra do local aguardam liberação do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit) para dar prosseguimento à retirada do barro na via. Havia risco de novos deslizamentos no local, segundo a PRF. Não há previsão para a liberação da estrada. As fortes chuvas que atingiram a região castigaram a cidade de Piquete nos últimos três dias. O prefeito chegou a decretar estado de emergência. Os moradores estão sem água e as ruas ficaram cobertas de barro.

Mais conteúdo sobre:
BR-459Vale do Paraíba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.