Polícia Civil
Polícia Civil

Braço direito de Beira-mar e fornecedor do Comando Vermelho é preso em São Paulo

'Periquito' foi alvo de operação das polícias fluminense e paulista nesta sexta; segundo os investigadores, o homem seria 'um dos principais fornecedores de armas e drogas' para o CV e tem quatro mandados de prisão

Marco Antônio Carvalho, O Estado de S.Paulo

25 Agosto 2017 | 17h08

SÃO PAULO - Marcos José Monteiro Carneiro, conhecido como Periquito, foi preso nesta sexta-feira, 25, no Estado de São Paulo após uma ação conjunta das polícias civis fluminense e paulista. O homem de 54 anos é apontado como fornecedor de armas e drogas para o Comando Vermelho, além de atuar na Favela da Beira-Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a mando de Fernandinho Beira-mar, atualmente preso no sistema federal.

Contra Periquito, a polícia informou que há um mandado de prisão por crime de corrupção e quatro mandados expedidos por varas federais criminais por condenações de crimes de tráfico de drogas e associação criminosa. As condenações em primeira instância somam 41 anos de prisão. Ele era considerado foragido desde 2011, quando, em regime semiaberto, deixou o Instituto Penal Edgard Costa, em Niteroi, e não retornou.

A ação em São Paulo liderada por agentes do 39.º Distrito Policial (DP) do Rio (Pavuna) teve apoio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). A prisão ocorreu no início da tarde em um condomínio fechado  em Mogi das Cruzes. Os agentes informaram que não houve reação e ele deverá ser transferido para o Rio ainda nesta sexta.

A Polícia Civil do Rio estava oferecendo R$ 1 mil por informações que levassem ao seu paradeiro. Na página, consta que Periquito é “ele seria um dos principais fornecedores de armas e drogas para o CV e também o tesoureiro, na Favela Beira-Mar, a mando do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar”.  “Ele faria parte de um esquema montado pelo traficante Beira-Mar, para lavagem de dinheiro, proveniente da venda de drogas”, informou a instituição. 

Segundo a polícia, em setembro de 2012, Maicon  ngelo Monteiro de Carvalho, filho do traficante Periquito, foi preso na Linha Vermelha, nas proximidades da favela Parque das Missões, em Duque de Caxias, onde seria um dos gerentes do comércio de drogas. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.