Brasil vai devolver contêineres de lixo à Inglaterra, diz Lula

Presidente ressaltou que o País pretende investigar as circunstâncias nas quais os contêineres foram enviados

Anne Warth, da Agência Estado,

23 Julho 2009 | 12h55

O Brasil vai devolver para a Inglaterra os contêineres de lixo enviados por uma empresa ao País, afirmou nesta quinta-feira, 23, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O lixo foi enviado para os portos de Santos (SP) e de Rio Grande (RS). Ao participar da abertura da 5ª Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia, na capital paulista. O presidente ressaltou que o País pretende investigar as circunstâncias nas quais os contêineres foram enviados, mas frisou que não restará outra saída senão enviá-los para seu país de origem.

 

Veja também:

link Reino Unido prende 3 acusados de enviar lixo para Brasil 

 

"Eles que são tão limpos e que querem despoluir tanto mandam para cá contêineres de lixo dizendo que é para reciclagem. Quem vai reciclar uma camisinha? Quem vai reciclar lixo hospitalar? Pegar uma seringa, reciclar e aplicar de novo?", disse Lula. "Nós não queremos exportar o nosso lixo. Não vamos importar lixo dos outros. Queremos importar outras coisas, não lixo", afirmou ao presidente, quando falava sobre as exigências que os países da União Europeia fazem para adquirir produtos brasileiros como etanol, soja e carne, colocando como impedimento uma suposta falta de sustentabilidade na produção desses itens.

 

Segundo o presidente, a investigação de como o lixo inglês veio parar nos portos brasileiros envolverá o Ministério do Meio Ambiente, o Ibama, a Polícia Federal e o Ministério Público. "O Carlos Minc (ministro do Meio Ambiente) sabe que nós vamos ter de fazer uma investigação séria", disse. "Só temos uma saída, que é devolver esses contêineres para de onde ele vieram."

Mais conteúdo sobre:
lixo Inglaterra Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.