Brasileira de 114 anos é a pessoa mais velha do mundo, segundo Guinness

Mineira de Carangola é 48 dias mais velha que antiga detentora do título do livro dos recordes

estadão.com.br,

18 de maio de 2011 | 11h41

A mineira Maria Gomes Valentim afirma que toma, eventualmente, uma taça de vinho

 

SÃO PAULO - Uma brasileira de 114 anos é a pessoa mais velha do mundo, anunciou o Guinness, o livro dos recordes, nesta quarta-feira, 18. Maria Gomes Valentim nasceu em 9 de julho de 1896 em Carangola, em Minas Gerais. Ela é 48 dias mais velha do que a antiga detentoras do recorde, a americana Besse Cooper.

A mineira, que gosta de comer feijoada, atribuiu sua longevidade ao fato de comer pão e frutas todos os dias no café da manhã. Ela também acredita que tomar uma taça de vinho de vez em quando também garante vida longa. Segundo a família, o pai de Maria também viveu mais de 100 anos.

Familiares disseram também que a vó Quita, como é conhecida, é uma pessoa obstinada e não costuma se intrometer em assuntos alheios. "Dizem que ela vive tanto porque sempre se preocupou com a sua vida e não com a dos demais", disse sua neta, Jane Ribeiro Moraes, de 63 anos, a um jornal local.

Craig Glenday, diretor do Guinness, afirma que o caso de Maria é impressionante, pois é uma pessoa nascida durante "o reinado da Rainha Vitória e antes da criação da companhia Ford". O diretor da publicação ressalta que o fato dela ser brasileira é muito especial. "Nunca tínhamos recebido uma informação sobre longevidade no Brasil que pudesse ser verificada", diz.

Maria se locomove com a ajuda de uma cadeira de rodas, porém tem boa saúde, de acordo com sua família. Ela recebe uma pensão de cerca de um salário mínimo e utiliza o sistema pública de saúde. Sua família espera que a notoriedade pelo reconhecimento do Guinness ajude a melhorar a situação econômica da brasileira mais velha do mundo.

 

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.