Brasileira de 29 anos é encontrada morta na região metropolitana de Madri

Corpo foi achado com várias facadas no chão de casa; polícia trabalha com todas as hipóteses

Estadão.com.br,

13 de junho de 2011 | 11h32

MADRI - Uma brasileira de 29 anos foi encontrada morta nesta segunda-feira, 13, em uma casa em Alcorcón, na região metropolitana de Madri. Segundo informações das autoridades locais, o corpo da mulher foi achado no chão, com várias facadas, pela empregada doméstica. Os vizinhos dizem não ter ouvido nada. A polícia não descarta nenhuma hipótese até que seja comprovado algum roubo.

 

A vítima foi identificada como Sabrina O.A. e moraria na região desde pelo menos junho de 2008. De acordo com o jornal El Pais, os vizinhos disseram ter visto sangue no elevador no fim de semana. Os peritos da polícia também encontraram vestígios de sangue dentro do carro dela, que foi levado para ser analisado.

 

Sabrina morava com quatro cachorros e era muito quieta. De acordo com os vizinhos, ela seria casada com um espanhol que estaria preso por tráfico de drogas e, às vezes recebia indulto para ir para casa. A polícia ainda investiga se ela tinha um parceiro, segundo informa o El País.

 

Informações preliminares, a brasileira estava vinculada ao mundo da noite, tinha alto poder aquisitivo e levava uma vida extravagante, apesar de ser considerada reservada pelos vizinhos. "Ela não falava da vida pessoal quando passeava com os cães", contou um dos moradores da Rua Fuentecisneros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.