Brasileira é acusada de matar filha

A brasileira Simone Moreira, de 23 anos, foi presa anteontem na cidade de Oderzo, perto de Treviso, norte da Itália, acusada de ter matado a filha, Giuliana, de 2 anos, segundo o site da BBC. Segundo o procurador da República Antonio Fojadelli, a mãe alegou que a menina teria caído em um rio na quinta-feira. "Decidimos prender Simone porque houve contradição em seu depoimento com relação ao tempo e à dinâmica do ocorrido", declarou Fojadelli ao jornal Corriere della Sera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.