Brasileira é condenada por chantagear e roubar patrões ingleses

A faxineira brasileira Roselane Driza, de 37 anos, foi considerada culpada por um júri inglês de chantagear um casal de juízes da imigração, nesta quarta-feira, 27. Segundo o site do Guardian, Roselane foi condenada por chantagear a juíza "J". Além disso, ela roubou duas fitas de vídeo caseiras em que supostamente "J" aparece cheirando cocaína e o juiz Mohammed Ilyas Khan aparece fazendo sexo com "J" e outra mulher. Os dois juízes alegaram que Roselane ameaçou enviar as fitas ao juiz supremo britânico caso eles não a pagassem 20 mil libras. Já Roselane afirmou que tinha um caso com Khan e que trabalhou para ambos juízes, mas nunca disse a eles que estava de maneira irregular na Inglaterra. "Estou aqui diante desta corte. Não sou britânica. Não tenho nada a declarar. O mundo pode pensar que sou culpada. Não tenho nada a esconder e Deus sabe que não sou culpada", disse a brasileira, segundo o site do Guardian. Roselane permanecerá presa até 20 de outubro, quando sua sentença será expedida.O casoKhan e "J" são ex-amantes que, após terminarem, continuaram sendo amigos. Após a juíza demitir Roselane, a brasileira começou a ter um caso amoroso com o juiz e foi morar com ele. O namoro acabou quando "J" pegou a faxineira e o juiz juntos na cama. "J" disse ao júri que dispensou Roselane por esta não ser confiável e se meter em sua vida privada. A brasileira, por sua parte, alegou que a juíza chamou-a de "prostituta brasileira" e que temia que ela contratasse um assassino de aluguel para matá-la.Roselane disse, ainda, que não queria chantagear o casal, mas que gostaria de saber porque fora demitida por "J". Ela também informou que estava para devolver os vídeos quando foi presa.CasamentoAinda nesta segunda-feira, 25, foi revelado que a brasileira foi casada com um assassino albanês. O homem, conhecido como Sokol Drenova, desembarcou na Inglaterra dizendo ser um refugiado sérvio, e atualmente cumpre sentença de 20 anos de prisão na Itália pelo assassinato de um compatriota.Roselane casou-se com ele sete meses após conhecê-lo em uma boate, mas separou-se em seguida, depois de descobrir que o assassino mentiu sobre seu passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.