Brasileira é morta a tiros na Holanda

Tocantinense Luana Luz Xavier, de 34 anos, foi assassinada em Amstelveen; namorado é o principal suspeito

Célia Bretas Tahan , Especial para O Estado

10 Dezembro 2014 | 15h48

PALMAS - A tocantinense Luana Luz Xavier, de 34 anos, foi morta com cinco tiros, na segunda-feira, 8, em Amstelveen, na região metropolitana de Amsterdã, Holanda. Os policias buscam testemunhas da morte e já pediram os vídeos de segurança de casas e lojas da região onde ocorreu o crime.  

O principal suspeito da morte de Luana é o namorado, Najib H, conhecido como "Ziggy" e apontado como autor de vários outros assassinatos. Luana foi baleada na frente de dois dos três filhos, segundo publicou o site holandês NL Times.

Os pais da jovem moram em Paraíso do Tocantins, a 60 quilômetros da capital, Palmas. Conhecidos da família não souberam informar quando o corpo será trasladado para o Brasil nem a data do enterro, que deverá ocorrer em Paraíso. 

Mais conteúdo sobre:
Holanda Amstelveen Amsterdã Tocantins

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.