Brasileira é morta pelo namorado na Argentina

A brasileira Fernanda Soares Correia, de 21 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça pelo namorado, o argentino Edgardo Rubén Angelino, em Villa Ballester, distrito do município de San Martín, na Grande Buenos Aires. O crime ocorreu no dia 11. Angelino assassinou Fernanda supostamente em um ataque de ciúmes. Após o crime, o rapaz, de 28 anos, ex-funcionário administrativo de uma empresa do setor automotivo, se suicidou com a mesma arma com a qual havia assassinado Fernanda. A família desconfiou que uma tragédia havia ocorrido com a jovem por intermédio de uma série de recados deixados no site de relacionamentos Orkut.A morte da jovem só foi conhecida pelos parentes de Fernanda dois dias depois. A família, em Petrópolis (RJ), começou a desconfiar de que algo errado havia acontecido com ela porque Fernanda não estava respondendo os recados deixados em seu perfil. Além disso, não retornou as ligações telefônicas. A preocupação dos pais e do irmão, Adriano, aumentou quando amigos de Fernanda na Argentina começaram a deixar recados no Orkut sugerindo que algo "muito ruim" havia ocorrido. Na segunda-feira, dia 13, Adriano ligou para o Consulado do Brasil em Buenos Aires, que sabia da morte. A família planeja cremar o corpo e transportar as cinzas para o Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.