Brasileira morre ao cair de prédio na Itália com a filha no colo

Uma brasileira de 38 anos, cujo nome ainda não foi confirmado pelas autoridades italianas, morreu ao cair do 9° andar do prédio onde morava, em Bolonha, na Itália, com a filha de dois anos no colo. O acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira, 27. A menina, cuja queda foi amortizada pelo corpo da mãe, foi internada em estado grave no hospital Maggiore de Bolonha.A polícia de Bolonha, que investiga o incidente, acredita na hipótese de suicídio. Segundo as primeiras informações divulgadas pela polícia, a mulher teria se jogado do terraço do prédio, que fica em um bairro da periferia de Bolonha.Depressão De acordo com os vizinhos, ela morava no quinto andar, em um apartamento alugado há cerca de um ano, com o marido italiano e o outro filho do casal, de 11 anos.O marido e o filho não estariam em casa no momento do incidente. Segundo declarações de alguns vizinhos, a brasileira sofria de depressão. Um dos vizinhos, o enfermeiro Carlo Bosi declarou à agência de notícias Ansa ter visto a mulher no dia anterior. Segundo ele, ela parecia não estar muito bem."Ela tinha voltado há pouco tempo do hospital onde esteve internada", declarou o enfermeiro à agência. O vizinho disse ainda que a sogra da brasileira vinha sempre ao apartamento cuidar das crianças e que, quando o casal se mudou para o prédio, a moça parecia ser mais feliz. "Ela até cantava de vez em quando. Depois, de repente, piorou. Não sei o que houve", disse. O consulado do Brasil em Milão, que tem jurisdição sobre Bolonha, não sabia do caso e ainda não tinha sido informado oficialmente pelas autoridades italianas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.