Brasileiro detido por tráfico no Paraguai aguarda extradição

O brasileiro Ubiratã Breskovitt, conhecido como "Cheroso", ficou preso nesta quarta-feira, 9, em Assunção à espera de sua extradição ao Brasil, onde é processado por tráfico de drogas, informaram as autoridades. Fontes da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) disseram que Breskovitt, de 46 anos foi detido na terça-feira ao leste do Paraguai.De acordo com as autoridades paraguaias, Breskovitt não tem causa pendente neste país, por isso quando acabar os trâmites judiciais será extraditado com base em um pedido do Brasil.Breskovitt tem uma ordem de busca e captura emitida em 2003 pelas autoridades do Mato Grosso do Sul, após a queda de um carregamento de cocaína de um pequeno avião "pertencente a Fernandinho Beira-Mar, já que ele faz parte dessa organização criminosa", afirma um comunicado da Senad.O brasileiro foi detido em um departamento de Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil, com um documento paraguaio em seu nome, mas em outra identificação aparece como Pedro Luiz Morais, de 42 anos.Os dados da Senad indicam que ele fugiu de seu país em 1999, para se estabelecer depois no lado paraguaio da zona fronteiriça.Na mesma operação realizada pela brigada antidrogas em Ciudad del Este, foi encontrado um apartamento alugado em nome do ex-policial Anastácio Viera, detido em 27 de julho passado em companhia de Marcelinho Niterói, também vinculado a Fernandinho Beira-Mar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.