Brasileiro e peruano tentavam levar cocaína para a Europa

O brasileiro César Roberto Schmidt e o peruano Carlos Emílio Taboada foram detidos, por volta das 19h30 de ontem, por agentes da Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos. Com a droga escondida em seu equipamento para a prática de paraglyger (vôo livre), César levava 1,165 quilo de cocaína e embarcaria rumo a Amsterdã, na Holanda. O peruano tentou tapear os policiais escondendo 5,64 quilos da mesma droga no bolso lateral da mala que carregava, mas não conseguiu embarcar no vôo que seguiu para Zurique, na Suíça. A dupla foi indiciada por tráfico internacional de drogas e encaminhada à sede da Superintendência da Polícia Federal, na Lapa, zona oeste de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.