Brasileiro que empregava imigrantes ilegais é detido na Espanha

A polícia espanhola afirma ter detido 21 trabalhadores irregulares, a maioria deles seria brasileira

EFE,

13 de março de 2008 | 12h38

A polícia espanhola deteve em Sevilha um empresário brasileiro que empregava, em uma obra, 21 imigrantes em situação irregular. A investigação, realizada pela Brigada Provincial de Estrangeiros e Documentação, se centrou em um imigrante brasileiro que trabalhava na localidade de Sanlúcar la Mayor, na zona do Aljarafe sevilhano, no sul da Espanha. A detenção aconteceu menos de 24 horas depois de o chanceler brasileiro, Celso Amorim, ter anunciado uma 'trégua' do governo espanhol a turistas brasileiros na Espanha.  VEJA TAMBÉMPF barra 30 estrangeiros em cinco diasSaiba como agir se for barrado em aeroporto Policiais espanhóis chamaram brasileiros de 'cachorros', diz mãeBrasil ameaça restringir entrada de espanhóis no PaísBrasil deve adotar medidas contra espanhóis?   Os agentes descobriram que o imigrante, que mora em Portugal, se deslocava de segunda a sexta-feira a uma obra de casas encostadas na entrada desta localidade, onde a maioria dos trabalhadores era de fora da União Européia (UE). Em 11 de março, a Polícia estabeleceu um dispositivo de controle, em cooperação com a Inspeção de Trabalho de Sevilha, no qual identificou os trabalhadores da obra, a maioria brasileiros e três paraguaios, que foram detidos por estar em situação irregular no país. Segundo as investigações, todos os trabalhadores tinham entrado na UE alegando motivos de turismo, já que os brasileiros e paraguaios não precisam apresentar visto para este fim, mas, na verdade, tinham como objetivo trabalhar no país. O empresário brasileiro foi detido e autuado por infrações em matéria trabalhista. Em sua defesa, ele alegou que tinha pedido as permissões de trabalho em Portugal, apesar de ser a Autoridade Administrativa espanhola que deve conceder a autorização à empresa e outorgar as permissões de residência e trabalho aos empregados. A detenção ocorre em um momento no qual as relações bilaterais entre Brasil e Espanha estão estremecidas devido aos problemas que cidadãos dos dois países têm enfrentado nas últimas semanas para entrar em território brasileiro ou espanhol por descumprirem requisitos imigratórios. Os governos das duas nações concordaram em realizar uma reunião no final deste mês para resolver esta questão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.