Brasileiros são barrados nas Bahamas e enviados a Cuba

Treze brasileiros de Belém, no Pará, que viajaram para a ilha de Nassau, nas Bahamas, denunciaram maus-tratos por parte dos funcionários da imigração. Os turistas estavam com toda a documentação em ordem: passaporte, passagens de retorno e hospedagem. Mas no aeroporto, agentes de imigração impediram a entrada do grupo, segundo informações do Jornal Hoje, da TV Globo. O grupo foi algemado, levado para uma cela, no aeroporto de Nassau e vítima de extorsão. O grupo saiu do Brasil no domingo, 25, para mergulhar nas ilhas da América Central, uma região que atrai turistas por conta de sua beleza natural. O pacote turístico foi comprado em agosto de 2006 e o roteiro incluía Nassau, capital das Bahamas. Da imigração todos foram levados para uma penitenciária. "Ficamos ao relento numa penitenciária. Ficamos com fome, quase 24 horas sem comer e beber. Os guardas armados a noite toda. Eles inclusive engatilhavam as armas várias vezes à noite perto da gente", completou Ricardo Unger.Na última segunda-feira, 26, os paraenses foram embarcados para Cuba e de lá retornaram ao Brasil; eles chegaram em Belém nesta quinta-feira, 1º. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, foi registrado o pedido de ajuda enviado pelo grupo, mas o governo brasileiro não foi informado sobre maus tratos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.