Briga entre presos deixa 4 mortos na Praia Grande

Quatro presos morreram, por volta das 21h de ontem, após uma briga entre detentos no interior do Presídio da Praia Grande, conhecido como Dacar-10, localizado na Avenida Serra Leoa, em Vila Mirim, na Praia Grande, município do litoral sul paulista. Segundo policiais militares do 45º Batalhão do Interior, a briga teria ocorrido entre duas fações rivais, cujos nomes não foram informados nem mesmo pela Polícia Civil.Foram assassinados na briga Valmir Lino, 21, Lani Sanches Anbrósio, 27, Carlos Alberto dos Santos, 21, e José Cláudio Correa da Silva, 19. Cerca de 1200 presos superlotam a carceragem do Dacar-10 que, para piorar, possui algumas celas interditadas, ou seja, vazias, segundo o Centro de Operações da Polícia Civil (Cepol) da Praia Grande.Nem o Cepol nem a equipe de plantão do Dacar-10 souberam informar quantas celas estão sento utilizadas no presídio. No momento da briga, os funcionários do presídio pensaram que ocorria uma rebelião e acionaram os policiais militares que, ao chegarem no local, já encontraram os corpos jogados no pátio, ao lado de uma guarita. A briga entre os presos seguida de mortes foi registrada na Delegacia Sede da Praia Grande.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.