Briga pelo tráfico em favela de Niterói deixa 5 mortos

Cinco pessoas morreram na disputa interna pelo tráfico de drogas na favela Vai-Quem-Quer, no Largo da Batalha, em Niterói, no Grande Rio. De acordo com a polícia, as vítimas, entre elas três adolescentes, tinham envolvimento com o tráfico. A briga aconteceu na madrugada desta sexta-feira. O delegado Niandro Ferreira, da delegacia de Icaraí, responsável pelo caso, informou duas hipóteses para o crime: as pessoas deviam dinheiro aos traficantes ou repassavam drogas sem o aval do chefe da "boca de fumo". A polícia encontrou na manhã desta sexta os corpos no interior da favela, quatro deles no beco Travessa São Manuel, no alto do morro. O último foi achado 50 metros à frente. "Esse deve ter corrido para tentar escapar da morte", acredita o delegado. As vítimas são Vagner Cesário Fernandes, de 22 anos; Luiz Carlos de Oliveira Nunes, de 23; Carlos Denilson Viana Sales, de 15; e os irmãos Nicolas e João Luís Barbosa Campos, de 13 e 15, respectivamente. A Secretaria de Segurança Pública confirmou apenas que Vagner já teve passagem pela polícia.

Agencia Estado,

17 Fevereiro 2006 | 19h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.