AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Brigada evita fuga em massa de menores do Case no RS

Os mais de 70 menores infratores abrigados no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Regional de Caxias do Sul (RS), uma espécie de Febem gaúcha, a 127 quilômetros de Porto Alegre, promoveram na noite de terça-feira uma rebelião que teve início após uma briga entre os adolescentes. Um deles foi espancado e teve de ser atendido no pronto-socorro do Hospital Pompéia.Homens da Brigada Militar cercaram a unidade, localizada na Rua Francisco Spiandorello, no bairro Reolão, por volta das 22 horas, pois quatro monitores que tentaram intervir no briga entre os menores eram feitos reféns. Segundo dados da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul (Fase), a unidade regional foi construída para abrigar no máximo 40 menores.A Brigada Militar informou que seria mais de 70 o número total de internos rebelados e também que quatro adolescentes foram feitos reféns durante o motim. A situação na Case de Caxias do Sul só voltou à normalidade por volta das 2 horas da madrugada desta quarta-feira. A Brigada Militar foi obrigada a invadir o complexo, do qual os menores ameaçavam fugir em massa.

Agencia Estado,

03 de maio de 2006 | 05h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.