Bruno e Macarrão chegam ao Rio para prestar depoimento

Suspeitos vão participar da primeira audiência de instrução e julgamento do processo em que são acusados de sequestro e crime de lesão corporal

Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo,

26 de agosto de 2010 | 11h38

RIO - O ex-goleiro do Flamengo, Bruno, e o amigo dele, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, desembarcaram por volta das 11 horas desta quinta-feira, 26, no Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio. Os dois seguiram para realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal antes da participação na primeira audiência no processo em que são acusados de agressão contra Eliza Samudio, em outubro do ano passado.

 

Após exames de corpo de delito, os réus se dirigiam por volta das 11h30, para a 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, onde acontece às 14 horas a primeira audiência sobre o caso. Eliza acusou os dois e outro homem, não-identificado, de sequestro, cárcere privado, agressão e tentativa de indução ao aborto.

 

Na primeira audiência, cinco testemunhas de acusação serão ouvidas. Nas próximas semanas, testemunhas de defesa serão convocadas. Ércio Quaresma, advogado do atleta e de Macarrão, escolheu a própria Eliza, desaparecida desde junho, como uma das testemunhas do goleiro, mas a Justiça negou-se a atender ao pedido.

 

Bruno, Macarrão e outras oito pessoas foram indiciados pela Divisão de Homicídios de Contagem e denunciados pelo Ministério Público de Minas Gerais por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado na forma qualificada, além de ocultação doe cadáver da jovem.

 

Além de Eliza, Quaresma também convocou para falar em defesa do jogador o diretor do Futebol do Flamengo, Zico, o ex-técnico do time, Andrade, o lateral-direito Leonardo Moura e a presidente do clube, Patrícia Amorim.

 

(COM SOLANGE SPIGLIATTI, DA CENTRAL DE NOTÍCIAS)

Tudo o que sabemos sobre:
Caso BrunoRioBelo Horizonteaudiência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.