Bruno e Macarrão conseguem benefício de banho de sol e TV na cela

Outros suspeitos no caso Bruno também foram beneficiados; aparelhos de TV devem ser comprados pelas famílias e entregues por um procurador

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

26 de julho de 2010 | 17h00

SÃO PAULO - Seis dos oito presos por suspeita de envolvimento no sumiço de Eliza Samudio puderam tomar o primeiro banho de sol na manhã desta segunda-feira, 26, no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas.

 

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Defesa Social, conseguiram o benefício o goleiro Bruno de Souza, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, Wemerson Marques, o Coxinha, Flávio Caetano de Araújo e Elenílson Vítor da Silva.

 

Durante o banho, os presos não se encontram porque os lugares e os horários são diferentes, mas sempre pela manhã. Eles podem usufruir do sol por duas horas diárias.

 

Ainda segundo a secretaria, o goleiro, Macarrão e Bola também estão autorizados a assistir televisão dentro de suas celas desde a última sexta-feira, 23. Porém os aparelhos devem ser comprados pelas famílias e entregues por um procurador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.