Fabio Motta/AE
Fabio Motta/AE

Bruno está indiciado como mandante do sequestro de Eliza, diz delegado

'Depoimento do menor é sólido', afirma titular da Divisão de Homicídios do Rio; goleiro é procurado

Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo

07 de julho de 2010 | 16h54

RIO - Em entrevista coletiva na tarde de hoje, o delegado titular da Divisão de Homicídios (DH) do Rio, Felipe Ettore, disse que o goleiro do Flamengo Bruno Fernandes está indiciado como mandante do sequestro de Eliza Samudio, de 25 anos. "O depoimento do menor é sólido. Bruno está indiciado como mandante e os outros dois como executores", afirmou o delegado.

 

Veja também:

linkBruno deixou residência antes de ter prisão decretada, diz polícia

linkSegundo menor apreendido, Eliza morreu por estrangulamento

linkDNA de sangue encontrado em carro deve sair hoje

 

Ettore disse que 15 equipes da DH do Rio continuam checando denúncias sobre os possíveis paradeiros do atleta e de seu amigo, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão. "Ambos estão com as prisões decretadas e não se apresentaram. Eles são considerados foragidos pela Delegacia de Homicídios do Rio, que apura o crime de sequestro e pela Delegacia de Minas, que apura o homicídio de Eliza", afirmou.

 

A Justiça de Minas Gerais emitiu nesta tarde um mandado de busca para a casa onde estaria o corpo de Eliza, em Vespasiano, na região Metropolitana de Belo Horizonte. Os policiais entraram na residência, localizada no bairro Santa Clara, por volta das 15h20. Vários cães da raça rottweiler estavam na entrada. Eliza segue desaparecida desde 10 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
Bruno FernandesEliza Samudio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.