Bruno treina no Centro do Flamengo, mas evita imprensa

Goleiro aparentou tranquilidade e realizou exercícios e treinamento com bola

Pedro Dantas - O Estado de S. Paulo

30 de junho de 2010 | 13h00

RIO - Após um dia de reclusão, o goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, participou na manhã de hoje de um treino fechado ao público e à imprensa no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio. Afastado da intertemporada que o time realiza em Itu, no interior paulista, até que sua participação no desaparecimento de Eliza Samudio, de 25 anos, seja esclarecida, o atleta realizou atividades físicas, treinou defesas, conversou e sorriu em diversos momentos para os seus companheiros.

 

Veja também:

linkSítio do goleiro é furtado em Minas Gerais

linkSítio e carro de jogador têm sinais de sangue

 

Após o treino, por volta de meio-dia, o jogador saiu em uma picape preta com os vidros escuros e foi para a sua residência, em um condomínio no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste), sem dar declarações aos jornalistas. O motorista chegou a sair com o veículo algumas vezes, mas o atleta aparentemente ficou em casa.

 

Nos restaurantes que Bruno costuma frequentar perto de casa, os funcionários informaram que o goleiro não aparece há pelo menos 15 dias. O afastamento de Bruno do time do Flamengo foi anunciado na segunda-feira pela presidente do clube, Patrícia Amorim. Na ocasião, o atleta chegou a comentar para funcionários e um radialista que estava com a consciência tranquila e "ainda iria rir muito disso tudo."

 

Em acordo com o goleiro, o Flamengo decidiu que ele ficará treinando separado do grupo, pois estaria prestes a ser convocado para prestar esclarecimentos na Divisão de Homicídios de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 

Texto atualizado às 18h55.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoBrunosuspeitodesaparecimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.