Burocracia impede CET de liberar avenida em São Paulo

A queda de uma árvore interditou a Avenida Pompéia, na zona oeste de São Paulo. Apesar de o acidente ter ocorrido na tarde desta segunda-feira, equipes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e da Subprefeitura que estão no local na madrugada desta terça-feira ainda não puderam começar os trabalhos de retirada da árvore. Eles aguardam a perícia que deve ser feita pela equipe da Polícia científica. Segundo a CET, o delegado do 23º Distrito Policial, de Perdizes, responsável pela área, alegou problemas de troca de plantão pelo atraso dos peritos. Até às 2h15 desta terça-feira a avenida continuava interditada. O trânsito na Avenida, no sentido Marginal do Tietê/Pompéia, foi desviado pelas ruas Ministro Ferreira Alves, Barão do Bananal, Desembargador do Vale, Tucuna e Coronel Mello de Oliveira, até retornar à avenida Pompéia. Apesar disso, não há problemas de congestionamento devido ao baixo movimento no horário, mas também não há previsão para liberação total do trecho. A árvore que caiu, atingiu uma Parati e feriu o motorista, que precisou ser socorrido por um resgate dos Bombeiros, sendo levado para o pronto-socorro do Hospital São Camilo.

Agencia Estado,

27 Fevereiro 2007 | 03h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.