Cabo elétrico rompe durante pré-carnaval de Bandeira do Sul (MG) e 16 morrem

Serpentina metalizada teria atingido cabo de média tensão, que se rompeu e atingiu trio elétrico e foliões

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

28 de fevereiro de 2011 | 00h55

SÃO PAULO - Ao menos 16 pessoas morreram eletrocutadas e 60 se feriram em um acidente na noite de domingo, 27, durante uma festa de pré-carnaval na cidade mineira de Bandeira do Sul, a 20 quilômetros de Poços de Caldas. Um cabo de alta tensão se partiu e atingiu um trio elétrico e foliões que estavam na rua.

 

Segundo a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), uma serpentina metalizada foi jogada em um cabo transmissor de energia. O ramal entrou em curto, caiu no chão e atingiu o trio elétrico e as pessoas.

 

O acidente ocorreu na Praça Nossa Senhora Aparecida, por volta das 18h30, e as vítimas foram levadas para hospitais de Bandeira do Sul, Botelhos, Campestre e Poços de Caldas. Entre os feridos, há dezenas de adolescentes e cinco permanecem internados em estado grave.

 

Em função do rompimento do cabo, o município ficou sem energia elétrica por seis horas - o fornecimento já foi restabelecido. Peritos estiveram no local e o caso foi registrado na delegacia de Bandeira do Sul. A reportagem tentou entrar em contato com a prefeitura de Bandeira do Sul, organizadora do pré-carnaval, mas ninguém atendeu.

 

Texto atualizado às 5h05.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.