Cabos eleitorais terão ''tratamento digno''

Os partidos políticos do Estado serão obrigados a tratar os cabos eleitorais como "gente" nas próximas eleições. A afirmação foi feita pelo procurador do Trabalho Audaliphal Hildebrando da Silva na semana passada. Segundo ele, o Ministério Público do Trabalho da 11.ª Região fará uma reunião com os partidos para informar as regras a serem usadas. "Este ano vamos aplicar com rigor o princípio da dignidade humana", garantiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.