Cabral confirma uma morte por causa de incêndio em hospital no Rio de Janeiro

Uma idosa que tinha problemas pulmonares faleceu em decorrência da fumaça, disse ogovernador do Rio

Antonio Pita / Felipe Werneck, O Estado de S.Paulo

04 Julho 2012 | 09h58

RIO DE JANEIRO - Ao menos uma pessoa morreu em consequência do incêndio que atinge o Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), em Vila Isabel, na zona norte da capital fluminense nesta quarta-feira, 4. O incêndio está sob controle.

O governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral esteve pela manhã na região do hospital e falou rapidamente com a imprensa. Foi Cabral quem confirmou a morte. De acordo com ele, uma idosa, internada em estado terminal, morreu em decorrência da fumaça. Ela sofria de fibrose pulmonar. O nome e a idade da idosa não foram divulgados.

Por causa da fumaça, cerca de 100 pessoas foram removidas das alas maias atingidas e foram para outras seções dentro do próprio hospital.

Mais conteúdo sobre:
incêndio no hospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.