Cabral diz que vai reduzir número de secretarias no Rio

O governador eleito do Rio, Sergio Cabral Filho, do PMDB, disse, em entrevista à rádio CBN na manhã desta segunda-feira, que pretende diminuir o número de secretarias para racionalizar a gestão no governo do Estado. Cabral não quis adiantar nomes de seu secretariado e explicou que estes só serão divulgados no fim do mês de novembro ou no início de dezembro. "Vou buscar os melhores, em qualquer partido. Escolher os secretários se trata de uma tarefa minha", disse. Segundo o governador eleito, haverá um encontro com a governadora Rosinha Matheus (que o apoiou) na terça-feira para tratar da transição. Na quarta-feira, ele se encontrará com o prefeito Cesar Maia, que fez campanha para sua adversária, Denise Frossard (PPS). Ele também já falou com o presidente Lula, que o apoiou no segundo turno, para tratar de um encontro. Cabral Filho ganhou de Denise Frossard com ampla margem de votos: teve 68% dos votos válidos, contra 32% da oponente.

Agencia Estado,

30 de outubro de 2006 | 10h14

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.