Cabral dobra de novo bônus de policiais que baterem metas em 2011

Governador também elevou os índices de redução de crimes; em um mês, valor das gratificações que serão pagas neste ano foram quadruplicadas

Solange Spigliatti, Central de Notícias

01 de março de 2011 | 15h44

SÃO PAULO - A gratificação dos policiais do Rio que bateram as metas de redução de criminalidade será dobrada mais uma vez, segundo anúncio do governador Sérgio Cabral, no começo da tarde desta terça-feira, 1. O anúncio foi feito durante a cerimônia de premiação dos policiais que bateram as metas de redução de criminalidade no segundo semestre de 2010.

 

Neste primeiro semestre de 2011, a gratificação será dobrada e o prêmio mais alto, de R$ 3 mil, passará para R$ 6 mil. Em compensação, os índices de redução de crimes também serão elevados, ou seja, as ocorrências criminais deverão cair ainda mais.

 

Com o aumento em dobro concedido no início de fevereiro aos policiais que bateram as metas de 2010, o Governo do Estado quadruplica, no prazo de um mês, o valor das gratificações que serão pagas em 2011.

 

Segundo a Secretaria de Segurança, cerca de 10 mil policiais foram beneficiados no segundo semestre do ano passado e irão receber novamente o bônus. O aumento já estava previsto para este ano, mas Cabral resolveu retroagir o pagamento. Durante a cerimônia, o governador garantiu que as gratificações serão depositadas nas contas dos policiais até sábado de Carnaval.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.