Cabral lidera com 57% no Rio e venceria no 1º turno

No Rio de Janeiro, o peemedebista Sérgio Cabral continua como líder isolado na corrida pelo governo, com 57% das intenções de voto. Já a disputa pelo Senado está embolada, com três candidatos empatados na primeira posição, segundo a pesquisa Ibope/Estado/TV Globo.

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2010 | 00h00

Candidato do DEM ao Senado, Cesar Maia, em tendência de queda desde julho, oscilou de 30% para 28% em uma semana. Marcelo Crivella (PRB) também oscilou para baixo, de 34% para 31%. E o petista Lindberg Farias, que vem subindo desde o fim de julho, passou de 28% para 31%. Em quarto lugar, Jorge Picciani (PMDB) também variou dentro da margem de erro - de 22% para 20%.

O governador Sérgio Cabral, que concorre à reeleição, se mantém no mesmo patamar há um mês um meio e venceria a eleição no primeiro turno se a eleição fosse realizada hoje.

Fernando Gabeira, do PV, tem 14% das intenções de voto, e também está no mesmo patamar desde o fim de julho.

Cabral teria hoje nada menos que 74% dos votos válidos - descontados os brancos e nulos e eleitores e indecisos.

Marina. Na disputa pela Presidência no Rio, Dilma Rousseff (PT) segue na frente. Tanto ela como o tucano José Serra, porém, oscilaram para baixo - de 56% para 53% e de 20% para 17%.

Marina Silva, do PV, oscilou de 10% para 13% e reduziu de dez para quatro pontos porcentuais sua desvantagem em relação a Serra.

O Ibope ouviu 1.806 eleitores do Rio entre os dias 7 e 9 de setembro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número 29.064/2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.