Cabral telefona para Dilma e agradece apoio

Cabral fez à presidente um relato do trabalho policial

Alexandre Rodrigues, da sucursal do Rio de Janeiro,

13 Novembro 2011 | 10h22

O governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) conversou hoje de manhã, por telefone, com a presidente Dilma Rousseff, sobre a ocupação das favelas da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu pelas forças de segurança.

Por celular, depois que seu helicóptero pousou na Lagoa Rodrigo de Freitas, Cabral fez à presidente um relato do trabalho policial e agradeceu à União o apoio da Marinha, que mais uma vez operou carros blindados para transportar em segurança policiais para dentro das comunidades antes dominadas por traficantes.

Segundo sua assessoria de imprensa, o governador acompanhou de casa a operação pela televisão e em telefonemas para o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame. O governador chegou há pouco ao 23º BPM, no Leblon, onde está o Centro de Operações.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.