Cadeiras infantis são um risco, diz Inmetro

Análise feita pelo Inmetro com cadeiras altas infantis vendidas no Brasil concluiu que elas não atendem às normas técnicas e que existe a tendência de risco às crianças por desprendimento de bandejas e encosto e problemas na fixação de cintos de segurança, por exemplo. O Inmetro estuda a criação de um selo obrigatório para esses produtos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.