Cai o número de casos de afogamentos no litoral de SP

O 17º Grupamento do Corpo de Bombeiros, que cobre todo o litoral paulista, desde Ubatuba, extremo norte, até Cananéia, extremo Sul, acredita que o número de afogamentos registrados neste final de ano no litoral paulista foi o menor da história. "Apesar do número de turistas ter aumentado consideravelmente neste ano, a quantidade de óbitos em razão dos afogamentos com certeza caiu muito; acreditamos que foi o menor da história", disse o 1º tenente Alexandre Doll de Moraes, chefe de operações do 17º GB, em Guarujá.Ainda, segundo o tenente, existem várias pessoas que foram vistas pela última vez dentro da água, mas, como a maioria destes casos acaba sendo de pessoas que, na verdade, se perderam na orla marítima, não é possível para colocá-los na planilha de afogamentos. O relatório final com os números do Natal, Réveillon e deste final de semana será divulgado apenas na manhã de segunda-feira.

Agencia Estado,

04 de janeiro de 2004 | 11h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.