Cai o número de mortos nas estradas paulistas

Os acidentes nas estradas paulistas resultaram na morte de 2.319 pessoas no ano passado, segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Transportes. O número foi 4,2% inferior ao do ano 2000 (2.422), com 103 mortes a menos. Em relação a 1997 (2.914 mortes), a redução foi de 20,4%, com 595 vítimas fatais a menos.De acordo com a secretaria, essa queda no número de vítimas fatais se deve à melhoria das condições das vias e de campanhas educativas para combater a violência do trânsito. Segundo o governo, a privatização de 3.500 km de estradas no Estado a partir de 1998 contribuiu para diminuir os acidentes. Para a secretaria, o programa de concessões permitiu a injeção de recursos privados nas rodovias e liberou o DER e a Dersa para administrar os 18 mil km restantes de maneira mais eficaz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.