Caixa anuncia mudanças na Mega-Sena da virada de ano

Prêmio sorteado em 31 de dezembro pode ser de R$ 80 milhões e será dado para quem acertar mais dezenas

Fernando Nakagawa, Agência Estado

30 de setembro de 2009 | 16h40

A Caixa Econômica Federal prepara um fim de ano especial para os apostadores da Mega-Sena. O último concurso do ano, apelidado de "Mega-Sena da Virada", promete pagar pelo menos R$ 80 milhões no dia 31 de dezembro. Nesta quarta-feira, 30, a instituição anunciou mudanças nas regras da loteria que permitirão aumentar o prêmio e, mesmo que não houver um acertador das seis dezenas sorteadas, o valor vai ser pago para quem acertar mais dezenas.

 

Veja também:

especialConfira os números sorteados nas loterias

 

Assim, o valor será dividido entre os que fizerem cinco dezenas. Se também não houver acertador nessa faixa, a bolada será paga aos que acertarem quatro números. Em 2008, quando a Mega-Sena da Virada estreou, nenhum dos apostadores acertou seis dezenas.

 

Com as alterações, a Caixa espera quase dobrar o prêmio do último concurso do ano. A expectativa atual é de R$ 80 milhões, mas há possibilidade de que o valor seja ainda maior e possa atingir pela primeira vez na história a casa da centena de milhões. No ano passado, a Mega-Sena da Virada teve prêmio de R$ 45 milhões e o máximo que a Mega-Sena já pagou na história foi pouco mais de R$ 50 milhões.

 

Esse aumento será possível porque a parcela do prêmio que é destinado a quem acerta seis dezenas vai subir de 35% para 62% do total. Além disso, 5% de todos os concursos realizados durante o ano serão reservados para reforçar ainda mais o prêmio do sorteio de 31 de dezembro.

 

Outra novidade é que as apostas para o último concurso do ano poderão ser feitas com até dois meses de antecedência. A Caixa vai liberar as apostas para o último concurso do ano em 3 de novembro. O preço desse concurso especial será igual a dos demais concursos, de R$ 2.

Tudo o que sabemos sobre:
Mega-Senaloterias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.