Calamidade ainda atinge nove cidades em PE

Helicóptero da Secretaria de Defesa Social começou a entregar mantimentos para as famílias isoladas

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

11 de maio de 2011 | 04h16

SÃO PAULO - Nove cidades da região da Zona da Mata de Pernambuco ainda se encontram em estado de calamidade em razão das fortes chuvas. O nível dos rios já baixou, mas é impossível se trafegar na maioria das estradas de terra, deixando centenas de famílias de várias comunidades sem água potável e comida.

Um helicóptero da Secretaria de Defesa Social começou na terça-feira, 10, a entregar mantimentos para as famílias isoladas. A central de arrecadação de mantimentos montada na cidade de Palmares está lotada de cestas básicas, mas a distribuição esbarra na situação das estradas.

São pelo menos cinco mil famílias desabrigadas, instaladas em 227 abrigos públicos; e cerca de 10 mil que recorreram a casas de parentes e amigos. Os municípios que decretaram calamidade, para assim conseguir recursos estadual e federal mais rápido, são: Água Preta, Barreiros, Catende, Cortês, Jaqueira, Maraial, Palmares, Primavera e Xexéu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.