Caldeira explode e mata uma pessoa no PR

Uma caldeira do Frigorífico Rio da Prata, em Bela Vista do Paraíso, a 440 quilômetros de Curitiba, no norte do Paraná, explodiu ontem, por volta das 22 horas, e matou uma pessoa. Parte da caldeira destruída atingiu um transformador e deixou o município vizinho de Sertanópolis sem energia elétrica durante a noite. A polícia está investigando os motivos da explosão.De acordo com informações da direção do frigorífico, repassadas à polícia, Saulo Cândido, de 32 anos, estava em seu primeiro dia de trabalho. Como a noite era fria, ele pegou a marmita e foi jantar próximo à caldeira, morrendo com a explosão. O funcionário responsável pelo equipamento salvou-se, pois precisou sair exatamente naquele momento. "Vamos apurar as responsabilidades e saber se houve negligência", disse o delegado Luiz Carlos Azevedo.Morando a cerca de 800 metros do frigorífico, o delegado disse que o barulho foi grande, fazendo tremer a casa. "Achamos que era um terremoto", afirmou. Parte da parede e do telhado do frigorífico desabou. Um dos estilhaços atingiu o transformador de uma rede de transmissores da cidade de Sertanópolis. O problema foi corrigido durante a madrugada. Hoje pela manhã, o delegado disse ter encontrado uma tampa de 40 quilos a cerca de 150 metros do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.