Calor bate novo recorde em SP

A temperatura subiu mais um pouco na tarde de hoje na capital, marcando novo recorde de calor nesse inverno: 30,7 graus. A mínima também aumentou, atingindo 18,3 na estação do Instituto Nacional de Meteorologia, no Mirante de Santana, na zona norte. O recorde absoluto de calor em setembro é de 35,2 graus, registrado em 1961, no dia 20.A empresa InfoTempo previa mudança no tempo para amanhã no sul e leste paulistas, onde ficam a capital e o litoral. Segundo o meteorologista Carlos Repelli, a frente fria intensifica-se nas proximidades de São Paulo, provocando pancadas de chuva e trovoadas isoladas. Nas demais áreas do Estado, o sol predomina. As temperaturas baixam gradativamente a partir de amanhã e o sol aparece entre alguma nebulosidade até a sexta-feira principalmente na faixa leste. No sábado, o tempo fecha um pouco, com trovoadas isoladas no sul e no leste, passando a parcialmente nublado no domingo, quando as temperaturas oscilam entre 15 e 24 graus na capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.